quinta-feira, 14 de maio de 2015

Deus meu, ressuscitei!



"Deus meu, ressuscitei e ainda estou contigo!
Dormia e estava deitado como um morto na noite.
Deus disse: “Seja feita a luz” e eu despertei como se dá um grito!
Meu Pai, que me geraste antes da aurora,
coloco-me na tua presença.
O meu coração está livre e a minha boca está limpa,
o corpo e o espírito estão de jejum.
Sou absolvido de todos os meus pecados
que confessei um por um.
O anel das núpcias está no meu dedo e o meu rosto está limpo.
Sou como um ser inocente na graça
Que tu me concedestes”.

Paul Claudel

Sem comentários:

Enviar um comentário