segunda-feira, 11 de junho de 2018

Dai-me, Senhor, meu Deus, o que Vos resta

Foto: Aleksei Lazukov / Shutterstock.com

Dai-me, Senhor, meu Deus, o que Vos resta;
Aquilo que ninguém Vos pede.
Não Vos peço o repouso nem a tranquilidade,
Nem da alma nem do corpo.
Não Vos peço a riqueza nem o êxito nem a saúde.

Tantos Vos pedem isso, meu Deus,
Que já não Vos deve sobrar para dar.
Dai-me, Senhor, o que Vos resta,
Dai-me aquilo que todos recusam.
Quero a insegurança e a inquietação.

Quero a luta e a tormenta.
Dai-me isso, meu Deus, definitivamente;
Dai-me a certeza de que essa
será a minha parte para sempre,
Porque nem sempre terei a coragem de Vo-la pedir.

Dai-me, Senhor, o que Vos resta,
Dai-me aquilo que os outros não querem.
Mas dai-me, também, a coragem
E a força e a fé”.

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Coração de Jesus



Senhor,
quero sempre encontrar-me conTigo,
pela fé,
e sei que a fé
é como uma porta que está sempre aberta
para entrar para junto de Ti
e estar na Tua companhia
junto ao Teu Coração tão terno.
Mais ainda,
sei, pela fé,
que em Ti,
encontro todos aqueles que amo
e que, por alguma razão, não posso estar junto deles.
Em Ti, no Teu Coração,
encontro todos.
já um Céu antecipado,
um Céu na fé,
onde posso estar com todos.
Sim, Senhor, no Céu estarei conTigo e com todos.
E o Teu Coração abre-me as portas do Céu já nesta vida.
Jesus, Coração amável,
abandono-me confiante a Ti,
em Ti quero amar e sofrer
por todos os que uniste à minha existência
e sei que, pela Tua ação poderosa,
poderei fazer chegar a cada um
as graças que mais necessitam.
Serei missionário através do Teu Coração.
Assim seja.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Embarcámos com Cristo na nau


Farol Do Bugio, Tejo, Lisboa, Portugal

«Embarcámos com Cristo na nau
e levantou-se a tempestade:
e ainda que o Senhor durma,
e nos parece que nos vamos afogar,
Sua Majestade [Jesus]
acordará a tempo e nos livrará:
não desmaieis caríssimas,
nem enfraqueça a vossa fé
por ver que parece que o Senhor
nos deixou tanto tempo
nas mãos dos que tão sem razão
nos afligem […].»

Madre Maria de S. José | 1548 – 1603
Carta de uma pobre e presa Descalça. Lisboa 1593

Senhor,
quando vivo dificuldades
e situações complicadas humanamente,
parece que a minha fé esmorece
e Tu pareces ausentar-Te.
É então o momento da prova:
o momento de não dar razão ao que sinto
e não atender às trevas que me envolvem,
mas colocar os meus olhos e o meu coração em Ti,
confiante,
sabendo que das Tuas mãos
virá o auxílio no momento certo.
Àqueles que amas
não recompensas com doçuras,
mas envias provas para os fortificar.
Sim, Jesus,
não quero sucumbir às provas,
mas exatamente nestes momentos
quero fixar em Ti o olhar
e não desanimar,
certo que Tu és mais forte
do que todos os problemas e provas.
Assim seja.

domingo, 27 de maio de 2018

Confia em Mim



«E quando nós vamos ao encontro do Senhor, como nós cantamos o Senhor também vem ao nosso encontro. Assim como nos narra o evangelho, que certa vez os discípulos se adiantaram, foram na frente de Jesus, pegaram sua barca e Jesus ficou nas margens pra orar. E por volta das três da manhã os discípulos enfrentaram uma tempestade muito forte, todos com medo e o Senhor foi até eles caminhando sobre as águas. Pedro assustado com tudo aquilo disse: "Senhor se é realmente o Senhor (Pedro achava que fosse um fantasma) se é realmente o Senhor deixa que eu também vá até você". E o Senhor concedeu a Pedro que andasse, caminhasse sobre as águas. Mas quando Pedro percebeu a fúria dos ventos, a força das ondas e parou de olhar nos olhos de Jesus, ele começou a afundar e rapidamente gritou por socorro e o Senhor estendeu a sua mão. Eu não sei qual a tempestade que vocês vivendo hoje mas o Senhor está estendendo a sua mão para você. Deus que entrar na sua barca e fazer a tempestade que você enfrenta hoje se acalmar. Escuta o que o senhor que te dizer..."

CONFIA EM MIM

Vem, que a tempestade já não pode te abalar.
A segurança em Meu barco encontrarás.
Confia em mim, o Meu amor te abrigará.

Sei que angustiado, o coração se endureceu.
Mas Eu entendo tudo o que te aconteceu.
Ainda é tempo de voltar para o teu Deus.

Não tenhas medo, pois Eu estou aqui,
É o teu Senhor que diz.
Quero guiar os passos teus.

Vem, entrega-te. Então, farei morada em teu coração,
E quando anoitecer cansado eu te encontrar,
No silêncio teu, eu irei te consolar,
Nos braços meus descansarás,
Forças te darei!

BANDA "VIDA RELUZ"

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Aos pés da Cruz



"E na certeza de que Deus nos acolhe de uma maneira tão especial a gente faz uma experiência na cruz de Cristo. E como nós olhamos para a cruz e experimentamos só a dor que ela visualmente nos proporciona? É preciso que tenhamos uma visão mais aprofundada da nossa fé, olhando para cruz e pensando que não ficou ali, pois não parou na dor. E nós podemos remeter a nossa vida porque a nossa vida também é composta de dor mas a dor passa pois o Senhor já ressuscitou e Ele venceu a cruz. Por isso experimentamos esta vitória agora! celebrando aos pés da Crus do Senhor a certeza de que a dor passará e que a esperança renascerá a cada minuto...vamos fazer juntos esta experiencia?"

AOS PÉS DA TUA CRUZ
Banda Dom

Vou ficar bem aqui Aos pés de tua cruz, Olhando em teus olhos, Tua face de luz! Não seu merecedor De todo este amor Perdoa porque o matei... Ah! porque zombam de ti, E não te consolam? Não vêem o bem que fizeste Por toda a Terra? Porque não deixa a cruz E larga o sofrer? E ainda pede ao pai: "Perdao por quem nao crê"? Ouço teu grito Chama meu nome Entrega-me ao pai E lava o meu pecado O céu se abre A dor me consome Nao tenho mais dúvida És o filho de Deus!