sexta-feira, 19 de abril de 2019

O amor é maior que o ódio




Evangelho vivo: Belo exemplo de perdão

A Sprite convidou um hater para participar de uma experiência. Foi assim que um jovem, que atacou cerca de 565 pessoas em mais de 1000 tweets durante o ano passado, acabou frente a frente com 100 das suas vítimas. Os insultados usavam uma t-shirt onde estavam impressas as mensagens ofensivas postadas pelo jovem. Um a um, aproximavam-se e liam os insultos em voz alta. Em seguida, no auge da tensão, todos rodeiam o hater e... começam a cantar "All You Need is Love", dos Beatles, dando-lhe um abraço de seguida.

A campanha, criação da argentina Santo, quer mostrar que o amor é maior que o ódio. A agência garante que o hater não fazia ideia da natureza da experiência e que não podia prever qual seria a sua reação. Ele, por sua vez, declarou: “Quando todos me abraçaram, eu pensei que nunca mais iria esquecer isso”.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Terço no Instagram

ROSARY

A próxima vez que você questionar os problemas da mídia social, considere esta iniciativa de esperança: há seis meses, todas as manhãs às 6h45, 200 pessoas rezam o Terço juntas no Instagram, por meio da conta @manyhailmarysatatime.

Cada dia, um convidado diferente é chamado a ajudar a oferecer a oração, ampliando a comunidade. Muitos participantes postam intenções de oração, as quais recebem respostas na forma de emojis e incentivo. E no decorrer do dia, outras 1.500 a 2.000 pessoas se sintonizam para rezar o terço através do canal, de acordo com suas possibilidades de horário.

Perguntei a Kristin, líder desse grupo de oração e mãe de sete filhos, executiva e blogueira do One Hail Mary at a Time, sobre como essa prática surgiu e para onde ela está se dirigindo no futuro.

“Começamos a rezar juntos o Terço em família há sete anos, e isso trouxe uma tremenda paz e otimismo. Passamos por alguns períodos estressantes e sabíamos que Nossa Senhora também cuidaria de nós – e ela fez. Houve momentos em que não conseguimos pagar nossa hipoteca ou não sabíamos como iríamos superar as dificuldades, mas ela sempre nos levava adiante”, conta Kristin.


Segundo ela, o Rosário é como uma escada para o Céu. Depois de orar, você vê Deus em tudo. É também um ritual de ligação que traz autenticidade e comunidade. Também me permite entregar a Deus todas as preocupações.

“Meus dias estão cheios de paz e fluem muito mais uniformemente. Quando não rezo o Terço logo de manhã, percebo que fico mais tensa e ansiosa. E a comunidade no Instagram que reza todos os dias tem sido outra bênção. Todos amam e apoiam uns aos outros através da oração do Rosário.”

Kristin conta que, no início, apenas desejava começar o dia rezando o Terço. Mas ela sentia-se sozinha, perdia o foco com facilidade, e não criava o hábito enraizado da oração.

Então ela percebeu que o vídeo ao vivo no Instagram seria um canal apropriado para criar o grupo de oração.

“Senti a força do Espírito Santo durante o mês do Rosário, em outubro, e decidi, no dia 11 de outubro, fazer a primeira experiência. Desde então, chegamos a 200 pessoas rezando juntas diariamente, e de diferentes partes do mundo.”

“Minha missão é encorajar a oração do Rosário e o objetivo é fazer com que 100 milhões de pessoas rezem, e eu pretendo usar as mídias sociais para honrar Nossa Senhora e seu grande presente para nós, o Rosário.”

Não há dúvida de que existem certos perigos inerentes às mídias sociais, reconhece Kristin. “Mas quando o âmbito digital é utilizado como um meio de construir comunidade e elevar vozes juntas em louvor e oração, pode ser uma coisa verdadeiramente bela”.

https://pt.aleteia.org/2019/04/07/a-mae-que-reza-o-terco-ao-vivo-todas-as-manhas-no-instagram/

segunda-feira, 25 de março de 2019

Não é preciso cansarmo-nos excessivamente.



Parece-me que deveríeis decidir-vos a fazer calmamente o que podeis.
Não vos inquieteis com tudo o resto, mas deixai nas mãos da divina Providência o que não podeis cumprir por vós mesmos.
São agradáveis a Deus a solicitude e o cuidado que, com razoabilidade, pomos nas tarefas que nos cumprem, para conseguirmos concretizá-las da melhor maneira.
Não lhe são agradáveis a ansiedade e a inquietação do espírito: o Senhor quer que os nossos limites e fraquezas encontrem apoio na Sua fortaleza e omnipotência, quer que tenhamos confiança em que a Sua bondade suprirá a imperfeição dos nossos meios.
Os que se ocupam com muitos assuntos, mesmo se com boas intenções o fazem, devem resolver-se a fazer apenas o que está ao seu alcance.
Se tivermos de deixar de lado certas coisas, há que ter paciência, e não pensar que Deus espera de nós o que não podemos fazer.
Ele não quer que o homem se atormente com as próprias limitações humanas; não é preciso cansarmo-nos excessivamente.
Quando de facto nos esforçámos por dar o melhor de nós, podemos deixar o resto nas mãos d'Aquele que tem o poder de realizar tudo o que quer.
Que a bondade divina nos comunique sempre a luz da sabedoria, para que possamos ver com clareza e realizar os Seus bons desejos com profunda convicção, em nós e nos outros, para que das Suas mãos aceitemos o que nos envia, considerando o que é de maior importância: a paciência, a humildade, a obediência e a caridade.

Carta de Santo Inácio de Loiola a Jerónimo Vignes 
17/11/1555            

terça-feira, 5 de março de 2019

Reconhecimento dos direitos das comunidades cristãs




Reconhecimento dos direitos das comunidades cristãs 

Março de 2019. O Vídeo do Papa


Hoje, nossa sociedade, tão moderna, tão avançada, continua perseguindo pessoas em razão de sua fé. Há gente que morre, que é perseguida por seguir Jesus Cristo. Sem contar a discriminação dos cristãos em tantos países onde eles não são reconhecidos ou onde, de maneira sutil, com rejeições e insultos, nega-se sua existência. Defendamos seus direitos! "Talvez seja difícil de acreditar, mas hoje há mais mártires do que nos primeiros séculos. Eles são perseguidos porque dizem a verdade e anunciam Jesus Cristo para esta sociedade. Isso acontece especialmente lá onde a liberdade religiosa ainda não está garantida. Mas também em países onde, em teoria e nas leis, se tutela a liberdade e os direitos humanos. Rezemos para que as comunidades cristãs, em particular as que são perseguidas, sintam a proximidade de Cristo e vejam os seus direitos reconhecidos."

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Burn out



"Não serás tu como eu, que espera que alguma pessoa, coisa ou acontecimento surja para nos dar aquele sentimento final de bem-estar interior que desejamos? Não tens muitas vezes a esperança que: "este livro, ideia, curso, viagem, trabalho, país ou relação deem resposta ao nosso desejo mais profundo"? Mas enquanto estivermos à espera por este momento misterioso, continuaremos a correr, sempre ansiosos e inquietos, sempre ásperos e zangados, nunca totalmente satisfeitos. É esta compulsividade que nos mantém em movimento e ocupados, mas ao mesmo tempo nos faz pensar se a longo prazo estamos a caminho de algum lugar. Este é o caminho para a exaustão espiritual e para o esgotamento" (Henri Nouwen)



Salmo 61, 1 – 2

Ó Deus, ouve o meu clamor,
atende a minha oração.
Dos confins da terra grito por ti,
com o meu coração desfalecido.
Coloca-me sobre o rochedo que me é inacessível.

Salmo 55, 7 e 23

E exclamo: «Quem me dera ter asas como a pomba,
para poder voar e encontrar abrigo!»
«Confia ao SENHOR os teus cuidados
e Ele será o teu sustentáculo;