segunda-feira, 4 de março de 2013

Amas-me demasiado



«A misericórdia de Deus dá-me segurança de que, pois me tirou de tantos pecados, não quererá deixar-me de Sua mão, para que me perca.»

Santa Teresa de Jesus, Vida 38,7



Senhor,
amas-me demasiado
para me deixares perder.
Sempre me dás mais uma oportunidade
e nunca desistes de mim.
Eis-me diante de Ti,
num tempo novo que me dás - a quaresma.
O meu espírito suspira pelo silêncio interior
e todo o meu ser reclama o vazio
para Te poder acolher.
Venho à Tua presença, na esperança dum novo renascer.
procurando o que neste tempo me queres dizer.
Escuto a Tua palavra que me faz estremecer:
“Fecha a porta e ora a teu Pai em segredo
E teu Pai que vê o que está oculto te atenderá.”
Meu Deus,
soa-me a nova criação,
não já a do “faça-se o céu e a terra”,
mas a do coração,
a criação interior.
Só Tu vês o que está oculto em mim!
Desejas ainda mais do que eu,
encher-me do Teu Amor!
Quero acolhê-lo inteiramente.
Dá-me a Tua graça, Senhor,
para que assim seja!

Sem comentários:

Enviar um comentário