terça-feira, 22 de abril de 2014

Oração pascal sobre o amor



Há o amor que faz com que as pessoas que se amam estejam sempre juntas.
e há o amor que faz com que as pessoas que se amam, mesmo longe, nunca se separem.

Há o amor que nem sempre está presente nas alegrias de quem é amado,
e há o amor que nunca está ausente na dor de quem sofre.

Há o amor que é mais forte do que a morte,
e há o amor que leva quem ama até a morte.

Há o amor que não aceita meias medidas,
e há o amor que é sem medida

Há o amor que não se vende,
e há o amor que não se rende.

Há o amor que não se cansa
e há o amor que nunca descansa.

Há o amor de quem sofre com quem sofre,
há o amor de quem sofre para que ninguém sofra.

Há o amor que suporta a tudo,
e há o amor que suporta a todos.

Há o amor que abraça os amigos,
e há o amor que recebe os inimigos.

Há o amor que faz tudo o que Deus pede,
e há o amor que faz tudo o que Deus merece.

Se todo e qualquer amor é admirável,
existe uma forma que é mais admirável do que todas as demais formas de amar.

E qual seria esta forma?
É quando a um supremo amor se junta uma suprema dor!

Se Cristo só pensasse em si e não pensasse em nós,
que seria de nós?

Se Cristo só pensasse em se salvar,
que esperanças teríamos?

Se Cristo pensasse em abandonar a cruz por amor de sua Mãe,
que amor restaria para nós?

Se Cristo abandonasse o amor pelo tamanho de sua dor,
que amor restaria então para as nossas dores?

Senhor,
bendito sejas por me lembrares
todas essas coisas sobre o amor!

Sem comentários:

Enviar um comentário