segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Imaculada



«É certo que nenhuma vida humana
está isenta de pecados,
só a Imaculada se apresenta absolutamente pura
diante da Majestade Divina.
Que alegria pensarmos
que esta Virgem é nossa mãe!
Se ela nos ama
e conhece a nossa fraqueza,
que temos a recear?»

Santa Teresa do Menino Jesus | 1873 - 1897
Carta 226, 1 vº

Senhor,
neste tempo de Advento
a Imaculada vem-me relembrar
a certeza do infinito amor por mim
que tens por mim.
Sim, tanto me amaste e amas
que A criaste para mim,
para que por Ela nascesse o meu Salvador!
Senhor, eu não sou isento de pecado,
como a Imaculada,
mas posso, com a Tua graça,
transformar o meu pecado em motivo de confiança
e abandono na Tua Misericórdia infinita.
Se o meu pecado é grande,
infinitamente maior é a Tua misericórdia para comigo,
a ponto de Te dares inteiramente a mim!
Comovo-me e adoro-Te, Senhor!
Vem, Senhor Jesus!
Minha Mãe, ajuda-me a receber o Teu Filho! 

Sem comentários:

Enviar um comentário