segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Andar no Espírito



Houve tempos em que só pensava com o umbigo. O meu ego traçava o caminho. O mundo reduzia-se aos meus interesses. Vivia absorvido pelo que me atraía e ponto final. Somente importava o cumprimento dos meus desejos. Fazia o que me dava na cabeça e achava que ninguém tinha nada a ver com isso. Pendia para as coisas da carne, desagradando profundamente a Deus. A inimizade com Ele era real e eu teimava em brincar com o fogo. Estava morto no meu pecado e fingia não dar conta.

Abençoado momento em que Jesus me despertou.

Daí em diante passei a agir segundo o Espírito. Sendo habitado por Ele mudei de agenda. Optei por submeter cada escolha à Sua aprovação. A minha mente é, desde então, território de Cristo. A Sua vontade é lei para mim. Tento agir segundo o Seu raciocínio. Foco-me n’Ele e procuro imitá-Lo a toda a hora. Sim, é fantástico experimentar no quotidiano que “a inclinação do Espírito é vida e paz”.

Jónatas Figueiredo

Sem comentários:

Enviar um comentário