sexta-feira, 14 de setembro de 2012

 
"A vida não deve ser um fardo. A vida não é um problema a resolver. É uma bênção a celebrar- Todas as dimensões da vida, todos os seus ganhos e perdas, sao motivo de celebração, porque cada uma delas nos torna mais próximos da sabedoria e da plenitude da compreensão. (...)

Todos os anos, ao celebrarmos os nossos aniversários e os aniversários daqueles que amamos, somos chamados a recordar a própria dádiva da vida. Tiramos um tempo para nos perguntarmos o que fizemos com as nossas vidas, e o que fizemos pelos outros através delas. Vemos, de novo, o potencial que tem cada uma das vidas, que existem neste mundo".

Podemos rezar assim: "Deus amoroso, dá-me a a graça de encontrar alegria onde estou e de a celebrar sempre".

Pois "aprender a celebrar a alegria é um dos maiores exercícios da vida espiritual. Confirma a nossa confiança em Deus. Afirma a grandeza da criação. Sela a nossa dependência de Deus. Testemunha a beleza do presente e afirma a nossa confiança na beleza do futuro".
 
Amaro Gonçalo

1 comentário:

  1. "Deus amoroso, dá-me a a graça de encontrar alegria onde estou e de a celebrar sempre"

    e esta é mesmo a graça mais significativa à nossa existência, à nossa Vida:

    a graça de nos Encontrarmos com Deus nos nossos dias; nas nossas falas e nos nossos silêncios; nas nossas dores e nos nossos agrados; na nossa alma.

    dulce ac

    ResponderEliminar