sexta-feira, 13 de julho de 2012

A mais terna das mães



«A Santíssima Virgem
nunca deixa de me proteger logo que a invoco.
Se me vem uma inquietação, uma dificuldade,
volto-me depressa para ela
e, como a mais terna das mães,
encarrega-se sempre dos meus interesses.
Quantas vezes aconteceu, ao falar às noviças,
invocá-la e sentir os benefícios da sua maternal protecção».

Santa Teresa do Menino Jesus, História de uma Alma, C 26

Sem comentários:

Enviar um comentário