terça-feira, 1 de maio de 2012

S. José, operário



«Tendo eu um dia comungado,
Sua Majestade mandou-me
que procurasse fundar um novo mosteiro em Ávila
com todas as minhas forças,
fazendo-me grandes promessas
de que o mosteiro não se deixaria de fazer,
e nele se serviria muito a Deus,
e que lhe pusesse o nome de S. José:
ele nos guardaria a uma das portas
e Nossa Senhora à outra
e Cristo andaria connosco.
Que esta casa seria uma estrela
que irradiaria de si grande resplendor
e, embora as Ordens Religiosas estivessem relaxadas,
não pensasse eu que Ele era pouco servido nelas.
Que seria do mundo se não fossem osconsagrados?»

(Santa Teresa deJesus, Vida 32, 11)

Senhor, neste dia de S. José, operário,
damos-te graças pelo trabalho que sai das nossasmãos
E pedimos pelos que o não têm.
Que Maria e José sejam os protectores
das nossas famílias e comunidades
e que Jesus, seu filho, esteja sempre no nosso meio.

Sem comentários:

Enviar um comentário