domingo, 6 de maio de 2012

Oração pelas mães



Eu te agradeço, Senhor,
pela mãe valente e sonhadora,
que apesar do trabalho e da dor,
da incerteza e da amargura, da alegria e da felicidade,
aceitou, protegeu e acarinhou o filho desde que o concebeu…

Eu te agradeço, Senhor,
pela mãe aprendiz e educadora, pela mãe jovem e idosa,
pela mãe altruísta e solidária, pela mãe lutadora e sofredora,
aquela que para os seus é sempre exemplo, sinal de ternura
e de alegria, de caminho e de luz.

Eu te agradeço, Senhor,
pela mãe que embala o filho que não é seu,
pela mãe de coração,
pela mãe humilde e prudente,
que orienta e olha para o horizonte,
procurando descobrir a certeza das decisões,
sempre disposta a ceder para o bem
e para a felicidade dos seus filhos.

Eu te agradeço, Senhor,
pela mãe triste e magoada,
que sem reservas compreende e perdoa o filho que falha,
que a desilude, que a entristece e que é rude.

Eu te agradeço, Senhor,
pela mãe que ama incondicionalmente os seus filhos,
que canaliza as suas energias para a sua família,
abnegando do seu "Eu" e que aceitou a sua missão de entrega
e dedicação ao dom da vida, à vocação maternal e à família.

Eu te agradeço, Senhor,
a mãe que já partiu e está na casa do Pai…
que criou a sua história de vida e a sua família,
que ensinou e infundiu nos seus o sentido do amor e da inteireza,
do perdão e da grandeza dos valores e do espiritual.

Protege, Senhor,
a mãe inquieta, crítica e inconformista,
a mãe que vive um tempo de desnorte,
a mãe que procura sem desanimar a solução
para os seus problemas, a mãe que sonha e acredita
numa sociedade solidária, mais justa e num futuro melhor…

Protege, Senhor,
a mãe que está sozinha, sedenta de encontros e diálogos,
a mãe que também é pai, a mãe envelhecida e cansada,
a mãe triste e abandonada que aguarda
por um nascer do sol diferente e repleto de esperança…

Protege, Senhor,
a mãe educadora, a mãe que é amada, compreendida,
respeitada e acarinhada.

Protege, Senhor,
a mãe que sente falta de outra vida, de outra frescura,
de um coração inteiro,
a mãe que ainda procura ser ela própria…

Protege, Senhor,
a mãe que chora o filho que morreu,
a mãe que sofre pelo filho que adoeceu,
a mãe que perdoa e que não esqueceu o filho
que se perdeu…

Eu te agradeço, Senhor, pela mãe que me deste!
Protege, Senhor, todas as mães do mundo.

1 comentário:

  1. Um agradecimento belíssimo, num Louvor à própria Vida.

    Muito obrigada Padre Nuno, pelo gesto de tão sentida emoção a todas as Mães presentes na Celebração de ontem, em São Julião da Barra.
    Começo mesmo por mim..

    Um abraço amigo.
    dulce ac

    ResponderEliminar