quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Solidão



Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar.... Isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos... Isto é equilíbrio.
Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida. .. Isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância.
Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.

Chico Buarque

1 comentário:

  1. "Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.."

    Uma Hora Sombria

    Porventura, todos teremos na nossa vida um momento assim, em que não vislumbramos a Luz e nos sentimos profundamente sós..numa hora mais sombria.

    E lembrei-me tão a propósito de umas palavras que li há pouco tempo, uma oração..

    "Dá-nos a Vida Intacta

    Ilumina Senhor o que resta da noite.

    O escuro pega-se à vida, propaga-se uma treva pelos corredores da casa, a esperança que tanto queríamos tem as luzes apagadas há tanto tempo. Tropeçamos dentro de nós, e por toda a parte, em fios que não vemos.
    Assistimos ao nascer do Teu dia, mas nem sempre renascemos para ele, já que nos aprisionam os laços de seda desta e daquela escuridão, que bem conheces.

    Ilumina por isso, Senhor, os pátios da tristeza pequenina que contamina tudo.

    Entreabre-nos à Tua verdade que é o quotidiano vigor dos nossos recomeços.

    Faz-nos olhar a maré alta, o oceano vasto, as coisas simples e plenas como sinais do que somos chamados a ser.

    Alimenta-nos do pão claro da alegria.

    Dá-nos a vida intacta."

    (Um Deus que dança", José Tolentino de Mendonça)

    dulce ac

    ResponderEliminar