segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Ser equipa



Conseguimos construir um dia melhor, não se pede mais do que isso, um dia, neste mundo diário onde todos são bem vindos, é só preciso querer fazer parte, é preciso deixar para trás o que não interessa para viajar no dia a dia, é preciso querer ser melhor e olhar para os meios, princípios e fins, é preciso querer com muita força, ou se calhar não é mesmo necessário usar a força, é preciso pensar global e ver que o nosso umbigo também sai a ganhar nesta escolha de pensar nas coisas como um todo… dar um pouco mais de nós, um pouco mais… Eu não quero ser melhor do que tu, ou de que ele, quero ser melhor porque sei que posso, dar um pouco mais de mim…

Ser uma equipa… o que é isso?

Para mim ser uma equipa são muitas coisas, mas também é apreciar e potenciar as qualidades singulares de cada um, seja ele qual for o contexto.

É conseguirmos sair do nosso conforto para deixar o “outro” confortável, para que este consiga revelar o que de melhor tem para oferecer, saber que, mesmo sentados em lugares diferentes, há lugar para toda a gente. Temos tanta facilidade hoje em dia em apontar o dedo, é tão espontâneo ser má língua, mais fácil, será? É o que nós quisermos, é, consoante o que quisermos ver crescer…

É saber ler para além das palavras, as pessoas às vezes não têm jeito com as palavras, dão-lhes tantos significados diferentes, por via das dúvidas eu opto por usar palavras simpáticas, essas, eu sei, funcionam..! e a margem de erro é mínima. O ser humano é criativo, vamos então tentar variar no tipo de linguagem que usamos, há tantas para experimentar!

Uma equipa tem que ter um objectivo maior que a própria equipa e esse deve ser o primeiro ponto a ser esclarecido. Quem somos nós? O que estamos aqui a fazer? E para onde vamos?

E digo… Se a direcção é a mesma então podemos ir de mãos dadas, é mais fácil, a sério que é!
.

Sem comentários:

Enviar um comentário