sexta-feira, 20 de março de 2009

Junto a Ti, transfiguramo-nos



Sempre que passamos uns instantes a orar,
sentimos que nos mudas o ânimo,
que nos sossegas o espírito, que nos afastas das preocupações e eliminas o stress da nossa vida.
Quando nos abandonamos em Ti,
quando vivemos a vida na Tua companhia,
quando fazemos as coisas contigo,
reservando-Te um espaço em tudo,
tornamo-nos dinâmicos, criativos, ágeis,
coerentes, solidários, humanos e felizes.
Tu és o combustível do nosso motor,
a água da nossa sede, o adubo do nosso crescimento, o sangue do nosso corpo,
a defesa contra as doenças
e a saúde total para a nossa história pessoal.
Contigo, Senhor, a vida transforma-se numa festa, e sentimos vontade de alargar os Teus encontros, mas logo nos distraímos com os nossos afazeres e vivemos como se não existisses.
Damos importância a todas as urgências e esquecemos-Te no primeiro desvio.
Pai, mantém-nos junto a Ti,
não deixes de nos sussurrar o Teu amor,
não Te silenciar pela nossa algazarra,
leva-nos pela mão, funde-Te nos nossos dias,
e vamos juntos viver a vida,
construindo o Teu Reino para todos.
.

1 comentário:

  1. JUNTO A TI

    Transfiguro-me e não vejo fronteiras
    Nem posses
    Nem mesquinhas asneiras
    Não me conformo com a sorte
    Dos que se escondem toupeiras
    Dou sem para mim guardar
    Cioso do meu altar
    Que aos outros não queira dar

    Junto a Ti me transfiguro
    Te peço me livres do escuro
    De capelinhas sem Norte
    Sem verem sequer a Sorte

    Junto a Ti cresço maduro
    Mais alto que um simples muro
    Desmoronam-se as barreiras
    Que nada são nem são esteiras
    Reunifica-se o Mundo
    Onde Te guardo bem fundo

    Junto a Ti me transfiguro


    Jaime Latino Ferreira
    Estoril, 26 de Março de 2009

    ResponderEliminar