terça-feira, 3 de novembro de 2015

Harmonia e comunhão


Que bom que é quando vemos os paroquianos a ver com os olhos de Deus. Já que não posso estar nas duas igrejas paroquiais ao memso tempo, que bem que sabe estarmos mais longe e ver que o Espírito Santo atua na vida das comunidades e dos irmãos. Não resisto em partilhar:

"Ontem notei que o padre que veio celebrar as eucarísticas à nossa paróquia estava encantado.
Resolvi fazer o exercício mental de ver a nossa igreja pelos olhos dele, e também eu fiquei encantada e orgulhosa.
A igreja estava cheia e tinha lugar sentados para todos, os bancos da frente estavam preenchidos pela catequese da adolescência, jovens bem comportados e atentos.
O coro magnífico, como sempre, e o salmo cantado pela Vera Fortuna foi um momento especial, de voz limpa, alegre e jovial, cantava que “esta é a geração dos que procuram o Senhor”.
A homilia desafiava-nos a ser santos, e o senhor padre falou numa linguagem cativante aos jovens e aos menos jovens, se por um lado catequizava, por outro falava com a jovialidade necessária à compreensão de todos na caminhada das bem-aventuranças. A assembleia esteve receptiva e acolhedora à palavra, de forma quase participativa embora não dissessem uma palavra.
No altar os 3 acólitos, trataram de toda a preparação para os ritos da comunhão. Não só vimos, como conseguimos sentir a experiência e a devoção no desempenho das suas funções.
Os nossos 6 ministros da comunhão assumem o compromisso de auxílio, na oração Eucarística, são igualmente um exemplo. Todos sabem o seu lugar, sem hesitações sem conversas, sabem exactamente quando e onde estar.
Tal como ontem ainda sinto que esta é a geração dos que procuram o Senhor, a certeza que a igreja somos nós e que somos uma igreja viva, não só ao domingo, mas todos os dias da semana.
Ok, ainda ficámos a falar dentro da igreja… mas também não pode ser tudo bom, tem que ficar alguma coisa para corrigir smile emoticon"
OBRIGADO, SENHOR, POR SERES O BOM PASTOR A CUIDAR DO TEU REBANHO

Sem comentários:

Enviar um comentário