sexta-feira, 23 de maio de 2014

O meu tesouro



Senhor
eu podia, como outros, agradar-Te e ter alguém;
poderia, como tantos, afirmar "sou teu"
e também dizer: "és minha, és meu".
Poderia ser escolhido e escolher
decidir sem perguntar o Teu querer
possuir e usar os bens do mundo
como outro qualquer.

Mas porque me chamaste e escolheste
e livremente me entreguei a Ti
sou apenas Teu, e em Ti, de todos.
Não sou dono de mim, não me pertenço,
nada tenho e também nada me falta.
Vivo do Teu Amor e posso amar
e ser pão repartido, vida entregue.

E vou-me dando conta de que ao dar-me
muitos outros recebem vida eterna.
Por eu Te pertencer sou tão amado
e por eu Te seguir a muitos salvas,
e por seres o meu tesouro os enriqueces.

Quantos me procuram e Te encontram!
Porque sou alguém que Tu habitas
reconhecem em mim traços do Teu rosto
sinais da paternidade d'Aquele que Te enviou.

Tu és o meu tesouro, a minha herança.
Defende-me da vaidade e da mentira!
Por aqueles que me deste, Senhor,
mantém-me sempre fiel
conserva-me feliz no Teu amor.

Autor anónimo

Sem comentários:

Enviar um comentário