domingo, 23 de fevereiro de 2014

Idosos morrem de mãos dadas após 60 anos de união

Idosos morrem de mãos dadas após 60 anos de união

Uma história de amor típica do cinema: um casal de idosos morreu de mãos dadas em Nova York, nos Estados Unidos.

Ed Hale, de 83 anos, havia prometido à mulher, Floreen Hale, que nunca a deixaria. Mesmo estando em hospitais diferentes, eles foram colocados juntos momentos antes da morte.

Ambos tinham sido internados em janeiro em estado grave. Ed tinha um problema na perna e foi levado primeiro. Poucos dias depois Floreen foi internada com problemas cardíacos graves. Inconformado com a distância, Ed pediu à filha, Renne, que o pusesse em contacto com a mulher.

Depois de uma pequena melhoria do seu quadro clínico, Ed foi transferido para o hospital no qual estava Floreen e colocado numa cama ao lado dela. Segundo conta o NY Daily News, trocaram juras de amor e, poucos momentos depois, ela morreu. Ed não deixou a esposa e, de mãos dadas com ela, morreu 36 horas depois em resultado de agravamento do seu estado de saúde.

O casal conheceu-se em 1952, numa festa de bairro. Foram enterrados juntos no passado dia 13.

Sem comentários:

Enviar um comentário