segunda-feira, 14 de outubro de 2013



«Levantando-me depois das quedas,
e multiplicando os actos de fé
e de amor,
cheguei a um estado
em que me seria tão pouco possível
não pensar em Deus,
como me foi difícil
habituar-me ao princípio.»

Frei Lourenço da Ressurreição | †1691
A Prática da Presença de Deus, II, 3

Senhor,
eu sei que a minha felicidade está nas Tuas mãos,
a minha vida só será cheia de amor,
quando me entregar a Ti.
Mas sou pobre, Senhor
e fraco!
Eu sei que
“um santo é um pecador que não desiste”
e também eu desejo
procurar sempre fazer tudo o que posso
pelos irmãos,
e encontrar-me conTigo pela oração.
Pouco a pouco a minha vida não será senão amor.
Não “respirará” senão da Tua graça
da tua Presença.
Ajuda-me, Senhor!

Sem comentários:

Enviar um comentário