sábado, 13 de julho de 2013

O sorriso da Virgem Maria



«Não encontrando na terra nenhum auxílio,
a pobre Teresinha voltara-se também
para a sua Mãe do Céu;
pediu-lhe com todo o coração
que tivesse finalmente piedade dela...
De repente, a Santíssima Virgem pareceu-me bela,
tão bela como nunca vira nada tão belo:
o seu rosto irradiava
uma bondade e uma ternura inefáveis;
mas o que me penetrou até ao fundo da alma
foi o “encantador sorriso da Santíssima Virgem”.
Então todos os meus males se desvaneceram.
Duas grossas lágrimas brotaram das minhas pálpebras
e deslizaram silenciosamente pelas minhas faces;
mas eram lágrimas de uma alegria pura...
Ah! pensava, a Santíssima Virgem sorriu-me!
Como sou feliz!...

Santa Teresa do Menino Jesus, 
Manuscrito A, 30rº

Sim, minha Mãe,
como sou feliz porque Te tenho como Mãe.
E ainda mais feliz
porque sei que me olhas como Teu verdadeiro filho,
com o amor de uma Mãe,
mais ainda, com um amor maior
que o de todas as mães do mundo todas juntas!
Se me amas assim, que temo?

Sem comentários:

Enviar um comentário