terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Mala vazia



Um homem morreu.
 Ao se dar conta, viu que Deus se aproximava e tinha uma maleta com Ele.
 E Deus disse:
 - Bem, filho, hora de irmos.

O homem assombrado perguntou:
 - Já? Tão rápido?
 Eu tinha muitos planos...

- Sinto muito, mas é o momento de sua partida.
 - O que tem na maleta?
 Perguntou o homem.

E Deus respondeu:
 - Os seus pertences!!!
 - Meus pertences?
 Minhas coisas, minha roupa, meu dinheiro?

Deus respondeu:
 - Esses nunca foram seus, eram da terra.

- Então são as minhas recordações?
 - Elas nunca foram suas, elas eram do tempo.

- Meus talentos?
 - Esses não pertenciam a você, eram das circunstâncias.

- Então são meus amigos, meus familiares?
 - Sinto muito, eles nunca pertenceram a você, eles eram do caminho.

- Minha mulher e meus filhos?
 - Eles nunca lhe pertenceram, eram de seu coração.

- É o meu corpo.
 - Nunca foi seu, ele era do pó.

- Então é a minha alma.
 - Não!
 Essa é minha.

Então, o homem cheio de medo, tomou a maleta de Deus e ao abri-la se deu conta de que estava vazia...
 Com uma lágrima de desamparo brotando em seus olhos, o homem disse:
 - Nunca tive nada?

- É assim, cada um dos momentos que você viveu foram seus.
 A vida é só um momento...Um momento só seu!
 Por isso, enquanto estiver no tempo, desfrute-o em sua totalidade.

Que nada do que você acredita que lhe pertence o detenha...

Viva o agora! Viva sua vida!

E não se esqueça de SER FELIZ, é o único que realmente vale a pena!
 As coisas materiais e todo o resto pelo que você luta fica aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário