segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Adora e confia

Não te inquietes com as dificuldades da vida
Pelos seus altos e baixos, pelas suas decepções,
Pelos seus imprevistos mais ou menos sombrios.
Quer o que Deus quer.

Pouco importa que te consideres um frustrado
Se Deus te considera plenamente realizado, a Seu modo.
Perde-te confiado cegamente neste Deus que te quer para Si,
E que chegará até ti, ainda que jamais O vejas.

Pensa que estás nas Suas mãos,
Tanto mais fortemente acolhido,
Quanto mais caído e triste te encontres.

Vive feliz. Suplico-te.
Vive em paz. Que nada te altere.
Que nada seja capaz de te tirar a tua paz.
Nem a fadiga psíquica, nem as tuas falhas morais.
Faz com que brote, e conserva sempre no teu rosto,
Um doce sorriso, reflexo daquele que o Senhor continuamente te dirige.

E no fundo da tua alma coloca, antes de mais nada,
Como fonte de alegria e critério de verdade,
Tudo aquilo que te encha da paz de Deus.

Recorda: tudo o que oprime e inquiete, é falso.
Asseguro-te que assim é, em nome das leis da vida e das promessas de Deus.
Por isso, quando te sentires desanimado, triste, adora e confia...
Pe. Teilhard de Chardin, sj

1 comentário:

  1. "Vive feliz. Suplico-te.
    Vive em paz. Que nada te altere.
    Que nada seja capaz de te tirar a tua paz.
    Nem a fadiga psíquica, nem as tuas falhas morais.."

    Que no teu coração saibas sempre acolher um gesto simples, um qualquer gesto que te espante de Vida nos teus dias..

    Quão maravilhoso foi agora ler estas palavras, que de tão simples, nos acolhem e encantam.

    Obrigado.
    dulce ac

    ResponderEliminar