sábado, 10 de dezembro de 2011

A única vida que ilumina é a que arde

2 comentários:

  1. "..
    nós somos feitos de tecido risonho

    das contas de somar e de dividir
    de cada passo acertado ou torto
    de cada impulso de decidir
    de escolher estar vivo ou morto

    nós somos um pedaço de sonho
    à procura de um porto

    não importa o que por cá já fiz
    só penso no que ainda tenho que fazer.."

    Muito obrigada, Pe. Nuno, por mais uma partilha absolutamente gratificante, por precisamente, nos permitir vislumbrar mais longe..aqui mesmo no ZIMBÓRIOS.

    Um abraço amigo de Parabéns!

    dulce ac

    ResponderEliminar
  2. Parabéns?!
    Pois, que fique de novo um OBRIGADO e muitos PARABÉNS! :)

    ResponderEliminar