quinta-feira, 15 de abril de 2010

Quero dizer o Teu Nome, Senhor



Quero dizer o teu Nome, Senhor!
É o que mais quero, do fundo do meu coração.
Dizer a quem me vê e a quem me ouve
que tu és o meu Deus, o meu Senhor.
Que és Tu Quem dás sentido à minha vida.

Quero dizer e anunciar o teu Nome
porque a tanto me impele a consciência,
pela simples e decisiva razão,
de que um dia Te deste a conhecer
e eu, por Graça também tua, Te reconheci.
Nada de mais verdadeiro, nada de mais real.
Foi um encontro no Tempo, no tempo da minha vida,
que fez história, a minha própria história.

Calar esta evidência, abafar esta experiência,
seria traição à verdade dos factos,
à caridade que me faz irmão de cada homem,
ao que de mim esperas, mas acima de tudo, traição ao teu Amor.
Esconder cá dentro o que é maior do que eu,
mais do que tarefa impossível,
seria uma perda de mim mesmo,
um desperdício de humanidade.

Por mistério de graça e misericórdia, contas comigo
para que o teu Nome chegue mais longe,
tocando o coração dos que toco com a minha vida.
Queres que o nada que sou fale do tudo que Tu és.
Queres que o diga sempre,
com a palavra e com a vida, apesar do meu pecado.
Ainda que Te negue com os meus erros e recusas,
ainda que maltrate a nossa amizade
com o egoísmo e o desamor.

Tu queres a minha voz e os meus braços,
porque Tu em mim fazes o que eu não posso
e dizes o que eu não sei.
O milagre é teu e, para que aconteça,
basta que eu seja capaz de dizer sim o que Tu esperas.

Quero dizer o Teu nome, Senhor
É este o meu sim.
É este o meu desejo aqui reafirmado em plena liberdade.
Toma, recebe-o, usa-me.
E enquanto for essa a tua vontade,
anunciarei o teu Nome,
sempre... sempre... sempre!
.

1 comentário:

  1. Ser Fé e Sol

    Padre Nuno, este texto que hoje nos deixou à nossa melhor reflexão
    é simples e tão maravilhoso...
    É Sol num dia como o de hoje, com esta chuva que teima em ficar.
    Obrigado.


    "Foi um encontro no Tempo, no tempo da minha vida,
    que fez história, a minha própria história"

    um dia
    num tempo meu certo
    encontrei-Te, Senhor

    estava tão só...
    e num grande amparo, tão terno
    levaste-me ao encontro de outros irmãos
    a cor da Tua alma transluziu , grandiosa

    e hoje sou Fé e Sol
    sou Vida

    e na oração
    sou presença
    porque sei, ouves-me

    um dia
    num tempo meu certo
    reencontrei-me em Ti, Senhor
    na doçura do Teu sorriso
    na certeza de um caminhar

    onde sei
    posso, debelar o meu pranto
    onde sei
    quero estar, sentir e Ser

    nesse dia em que Te encontrei
    disse o Teu nome Senhor
    e no meu coração És
    amanhecer, indelével festa de amor

    dulce ac

    ResponderEliminar