quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Quaresma...



Quaresma.
Ouvir Deus dizer: “Estou à porta e bato”.

Quaresma.
Inaugurar caminhos no conhecido e no comum.
Escutar o Reino a crescer.
Dividir a vida, porque só assim ela se multiplica.

Quaresma.
Confiar. Unir. 70X7. Aceitar.
Cruz e Ressurreição. Olhar para longe.
Ir ao encontro dos últimos.
Escrever: “nenhum coração é uma ilha”.

Quaresma.
Escutar mais uma vez.
Ter tempo para o outro.
Apagar solidões e medos.
Fixar-se no extraordinário convite para partilhar o Pão e o Vinho.
Começar a conversa difícil com um sorriso.

Quaresma.
Perdoar. Repartir.
Respeitar o ponto de vista do outro.
Contar uma história.
Enxugar uma lágrima.
Encorajar.

Quaresma.
Celebrar tudo num gesto.
Descobrir: a Páscoa é também um modo de ser.
De viver. Recordar. Esquecer. Construir.
Viver cada dia, este dia como se a vida inteira o tivéssemos esperado.

Quaresma.
E a Páscoa tão perto!

José Tolentino de Mendonça
.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Neste tempo de Quaresma, empenhemo-nos em:

    P erdoar e
    Á vida darmos no
    S ermos mais
    C ruzando-nos com
    O utros num novo e admirável
    A manhecer

    E neste nosso recomeçar
    acontecerá então ser PÁSCOA.

    Muito bonito este texto.
    dulce ac

    ResponderEliminar