sexta-feira, 20 de novembro de 2009

O sentido certo

Os estrangeiros
os pobres
os sem trabalho
os doentes, os idosos.
E ainda os de pobreza envergonhada,
os maus gestores da própria vida…
Uma longa lista, Senhor, de gente
que anda na margem,
por quem deste a vida,
por quem imploraste ao Pai,
a quem deixaste o mandamento Novo.
Temos, Senhor, o Teu Testamento nas nossas mãos
e parece que nunca aprendemos a lição da fraternidade e da partilha.
Dá ao nosso coração o sentido certo do próximo
para que saibamos receber todos na nossa mesa,
partilhar o nosso pão
e implorar a Deus e aos homens
a justiça para defesa dos mais frágeis
desta casa comum que é o nosso mundo.
Pe. António Rego (RR)

Sem comentários:

Enviar um comentário