quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Deus e eu no sertão



Descobri esta preciosidade no top de vendas de singles do Brasil. É das músicas mais simples que já ouvi na minha vida, mas ao mesmo tempo uma das mais belas preciosidades e, claro, não odia ficar sem a partilhar. Que consigam ter um dia assim: "Nunca vi ninguém tão feliz... trabalho cantando... não há solidão... Deus e eu!"


Nunca vi ninguém
Viver tão feliz
Como eu no sertão

Perto de uma mata
E de um ribeirão
Deus e eu no sertão

Casa simplesinha
Rede pra dormir
De noite um show no céu
Deito pra assistir

Deus e eu no sertão

Das horas não sei
Mas vejo o clarão
Lá vou eu cuidar do chão

Trabalho cantando
A terra é a inspiração
Deus e eu no sertão

Não há solidão
Tem festa lá na vila
Depois da missa vou
Ver minha menina

De volta pra casa
Queima a lenha no fogão
E junto ao som da mata
Vou eu e um violão

Deus e eu no sertão

Victor e Leo.

1 comentário:

  1. Que maravilha,
    A música e as imagens que a ilustram.
    Obrigado pela partilha.

    dulce ac

    ResponderEliminar