domingo, 12 de julho de 2009

E nunca falta...



No evangelho Cristo nos apresenta duas facetas diversas, mas muito unidas entre si: em primeiro lugar nos demonstra sua predileção pelos pobres, doentes, desamparados, oprimidos, e para cada um deles tem uma resposta de cura.

Por outro lado, Jesus se compadece da multidão que o segue deixando tudo sem se preocupar com seu mínimo sustento. Por eles e para eles realiza o milagre da multiplicação dos pães, para satisfazer suas necessidades mais urgentes.

Ao longo da história, Jesus tem multiplicado e continua multiplicando o pão e todos os alimentos.

Basta ver como nos lares mais humildes de nossas periferias se divide a mesa com o mais necessitado, e “nunca falta”. Esse é um milagre que diariamente Jesus faz com todas aquelas pessoas que arriscam tudo e se entregam, confiantes n'Ele.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário