sábado, 6 de junho de 2009

A devoção dos 5 primeiros sábados



- Para que sejamos apóstolos do Imaculado Coração de Maria -

Porque hoje é primeiro sábado quero divulgar com maior perseverança a devoção dos Cinco Primeiros Sábados, devoção confiada à vidente Lúcia em Espanha, aprovada pelo Bispo de Leiria a 13 de Setembro de 1939, em Fátima.

Recorde-se que, na Aparição do dia 13 de Julho, Nossa Senhora anunciou, em Fátima: “Para impedir a guerra virei pedir a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração e a Comunhão reparadora nos Primeiros Sábados”.

Esta devoção ao Imaculado Coração de Maria foi pedida por Nossa Senhora à Irmã Lúcia a 10-12-1925, em Pontevedra, Espanha. “Disse então: ‘Olha, minha filha, o meu coração cercado de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos me cravam com blasfémias e ingratidões. Tu, ao menos, procura consolar-me e diz que prometo assistir na hora da morte, com todas as graças necessárias para a salvação, a todos os que, no Primeiro Sábado de cinco meses seguidos, se confessarem, receberem a Sagrada Comunhão, rezarem um terço e me fizerem companhia durante quinze minutos, meditando nos 15 mistérios do Rosário com o fim de me desagravar’”, recorda o sacerdote jesuíta, um dos principais estudiosos da mensagem e da história de Fátima, a residir em Braga.

“São cinco os Primeiros Sábados por, segundo revelou Jesus, serem ‘cinco as espécies de ofensas e blasfémias proferidas contra o Imaculado Coração de Maria:

1. – As blasfémias contra a Imaculada Conceição,
2. – Contra a sua Virgindade;
3. – Contra a Maternidade Divina, recusando ao mesmo tempo recebê-la como Mãe dos homens;
4. – Os que procuram infundir nos corações das crianças a indiferença, o desprezo e até o ódio contra esta Imaculada Mãe;
5. – Os que A ultrajem directamente nas suas sagradas imagens”.

Relativamente às condições para ganhar o privilégio dos Primeiros Sábados elas são quatro:

1. Confissão. Para cada Primeiro Sábado é precisa uma confissão com intenção reparadora. Pode fazer-se em qualquer dia, antes ou depois do Primeiro Sábado, contanto que se receba a Comunhão em estado de graça. (…) As outras três condições devem cumprir-se no próprio Primeiro Sábado, a não ser que algum sacerdote, por justos motivos, conceda que se possam fazer no domingo a seguir.

2. A Comunhão Reparadora.

3. O Terço.

4. A meditação, durante 15 minutos, de um só mistério, de vários ou de todos. Também vale uma meditação ou explicação de 3 minutos antes de cada um dos 5 mistérios do terço que se está a rezar.

Em todas estas quatro práticas deve-se ter a intenção de desagravar o Imaculado Coração de Maria.
.

6 comentários:

  1. PADRE NUNO


    Querido Amigo,

    Porque sei ser o meu Amigo uma pessoa muito ocupada e não pretendendo duvidar de Suas intenções, tentei telefonar-Lhe primeiro e como não consegui fazê-lo decidi, após ponderar, escrever-Lhe aqui mesmo o que se segue:

    Leu com atenção o texto que publicou?

    Eu dei-me ao trabalho de o ler e pese embora, não tanto a sua extenção, mas a qualidade mais que duvidosa em que está escrito.

    E depois, é tudo o resto, uma superstição pegada ...

    Um texto pode ser de qualidade literária duvidosa mas ter as mais pias e rectas intenções pelo que não é essa a questão que me traz aqui.

    Não!

    É o conteúdo que me deixa francamente confundido e, nomeadamente as passagens em que, não apenas condena Paulo VI como o próprio Concílio Vaticano II ...!?

    Leia-as que elas estão lá e deixam-me profundamente confundido!

    Desculpe-me interpelá-Lo assim, mas não me deixou alternativa!

    Tranquilizar-me-ía se, na volta, me desse uma satisfação.

    Um Abraço, Seu


    Jaime Latino Ferreira
    Estoril, 6 de Junho de 2009

    ResponderEliminar
  2. Ó Padre Nuno!
    Então sua Santidade o Papa Paulo VI, cometeu sacrilégio por introduzir a Comunhão dada na mão dos fiéis?
    E o concílio Vaticano II foi um "triste concílio, onde nem mesmo um só texto cita o terço como devoção a ser encorajado junto aos fiéis".

    Olhe que este texto é muito esquisito!

    Manuela Baptista

    ResponderEliminar
  3. Peço desculpa mas foi total engano. Fiz copy paste de um texto errado e, por causa das corridas, não fui corrigir... é o que dá as pressas. Desculpem!

    ResponderEliminar
  4. PADRE NUNO


    Querido Amigo,

    Amigos como dantes e mais já que, não é calando que se demonstra a amizade ...

    Mais amigos do que antes!

    Um Abraço,


    Jaime Latino Ferreira
    Estoril, 6 de Junho de 2006

    ResponderEliminar
  5. CONSELHO DE AMIGO


    Meu Querido Amigo,

    Livre-se da tensão e do stress!

    Mais vale não publicar do que publicar à pressa, por obrigação, sem ter tempo para conferir o que publica.

    Nem por isso deixaremos de O seguir!

    Um grande abraço, reconhecido


    Jaime Latino Ferreira
    Estoril, 7 de Junho de 2009

    ResponderEliminar