domingo, 19 de abril de 2009

Domingo da Divina Misericórdia



«É importante que acolhamos inteiramente a mensagem que nos vem da palavra de Deus neste segundo Domingo de Páscoa, que de agora em diante na Igreja inteira tomará o nome de "Domingo da Divina Misericórdia". Nas diversas leituras, a liturgia parece traçar o caminho da misericórdia que, enquanto reconstrói a relação de cada um com Deus, suscita também entre os homens novas relações de solidariedade fraterna.

Cristo ensinou-nos que "o homem não só recebe e experimenta a misericórdia de Deus, mas é também chamado a "ter misericórdia" para com os demais. "Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia" (Mt 5, 7)" (Dives in misericordia, 14).

Depois, Ele indicou-nos as múltiplas vias da misericórdia, que não só perdoa os pecados, mas vai também ao encontro de todas as necessidades dos homens. Jesus inclinou-se sobre toda a miséria humana, material e espiritual.

A sua mensagem de misericórdia continua a alcançar-nos através do gesto das suas mãos estendidas rumo ao homem que sofre. Foi assim que O viu e testemunhou aos homens de todos os continentes a Irmã Faustina que, escondida no convento de Lagiewniki em Cracóvia, fez da sua existência um cântico à misericórdia: "Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor".

A canonização da Irmã Faustina tem uma eloquência particular: mediante este acto quero hoje transmitir esta mensagem ao novo milénio. Transmito-a a todos os homens para que aprendam a conhecer sempre melhor o verdadeiro rosto de Deus e o genuíno rosto dos irmãos."
João Paulo II
.

1 comentário:

  1. DAR


    Dá-me o que tu queres e dar-te-o-ei de volta
    É um pouco assim na vida real
    Um ricochete do qual
    Não se consegue fugir

    Acredite-se ou não
    Tenha-se ou não Fé
    Cá se fazem
    Cá se pagam

    E
    Em última instância
    Somos sempre interpelados pela consciência

    E tanto mais quanto na Vida futura

    Poder-se-á
    Então
    Também chamar Deus
    À própria consciência


    Jaime Latino Ferreira
    Estoril, 20 de Abril de 2009

    ResponderEliminar