quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

As Tuas amizades, Senhor



Queria começar por falar Contigo, Jesus Amigo, das tuas qualidades de Amigo que mais me tocam e sensibilizam, que mais me encantam e seduzem, que mais me enchem a alma e o coração.

Vejo-Te, em primeiro lugar, como um Amigo disponível, a qualquer hora do dia ou da noite, sem ser preciso marcar hora, esperar a vez, cansar-me de esperar, desistir porque a fila de pessoas é grande, etc... Sempre disponível para me ouvires, me atenderes, me escutares, ouvires meus desabafos e meus pedidos, meus agradecimentos e meu louvores. Parece que sou o único a conversar Contigo, de tal modo sinto a tua disponibilidade.

Depois, gosto de Te pensar como um Amigo generoso, que me dás tudo e que Te dás a Ti mesmo, que não me negas nada, sempre de Coração aberto para derramar sobre mim torrentes de misericórdia e de graça. Não é verdade, Jesus, que me deste teu Pai, tua Mãe, tua Igreja, teu Espírito... que me deste Tudo e até Te dás a comer, como Pão Vivo? Há lá alguém tão generoso como Tu?

Encanta-me a tu generosidade... Penso muitas vezes que és um Amigo fiel, mesmo quando eu falho, Tu nunca falhas, estás sempre de braços abertos para me receber, és fiel aos teus compromissos, às loucuras apaixonadas do teu divino amor.

Todos podem falhar, até a família, mas Tu nunca me falhas na tua fidelidade a toda a prova... E vejo-Te como um Amigo delicado e atento, sempre atento a tudo o que é meu e me diz respeito... respeitando a minha liberdade, não deixas de estar sempre atento, para dar uma mão, para ajudar, para servir, como só Tu, meu Jesus, sabes fazer...

E também gosto de Te pensar e sentir como um Amigo consolador, com tua ternura, com teu carinho, que é verdadeiro bálsamo...

E penso em Ti, Jesus, como Amigo misericordioso, não só porque estás sempre pronto a perdoar, mas porque Te ofereces com vítima para remir os meus pecados e pedes continuamente perdão ao Pai, pois eu – bem gostava que não fosse assim! – continuo a ser fraco e pecador, a cair e a trair o teu amor e a tua amizade...

E vejo-Te como Amigo respeitador, dedicado, enfim, com todas as grandezas que pode ter o Coração dum Amigo como Tu. Ao teu jeito divino...
Dário Pedroso,
Diálogos com Cristo

1 comentário:

  1. É tão bom ter um amigo assim! Atende sempre o telemóvel!...

    ResponderEliminar