sábado, 20 de dezembro de 2008

Onde colocas o sal?



O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal num copo de água e bebesse.
- Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Horrível - disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que apanhasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem atirou o sal no lago. Então o velho disse:
-Bebe um pouco dessa água.
Enquanto a água escorria do queixo do jovem, o Mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! - disse o rapaz.
- Sentes o gosto do sal? - perguntou o Mestre.
- Não - disse o jovem.
O Mestre, então, sentou-se ao lado do jovem, pegou nas suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando sentires dor, a única coisa que deves fazer é aumentar o sentido de tudo o que está à tua volta. É dar mais valor ao que tens do que àquilo que perdeste.

Por outras palavras, deixa de ser copo para te tornares um lago! .
.

2 comentários:

  1. Obrigada. Sinto-me lago ao pé da maioria das pessoas. Mas ao pé de quem sou mais amparada, sinto-me copo.

    ResponderEliminar
  2. É mesmo, não há como evitar a dor mas, podemos colocá-la em outro lugar, dando mais ênfase à outras coisas, outros sentimentos.

    Beijão!

    ResponderEliminar